Mudança à vista no mercado de energia mundial

  • 26/08/2015 às 21:20
  • 1218

 

Estamos prestes a testemunhar uma das transformações mais profundas na forma em que a eletricidade é produzida no mundo. Se a Era Industrial foi construída sobre carvão, nos próximos 25 anos veremos o fim desse domínio. Isso de acordo com o novo relatório da Bloomberg New Energy Finance. Selecionamos algumas tendências apontadas pelo estudo sobre o papel que a energia solar assumirá em 2040.

 

1. Preços em Queda

 

De acordo com o estudo, o preço da energia solar vai continuar caindo até se tornar uma das formas mais baratas de energia em um número crescente de mercados. A energia solar irá competir com novas usinas termelétricas e até mesmo suplantar algumas usinas a carvão e gás existentes. Veja no gráfico abaixo como será. A energia solar está apropriadamente representada em amarelo e os combustíveis fósseis em cinza.
 

 

 2. Trilhões Solares

 

Até 2040 serão investidos 8 trilhões de dólares em energias renováveis, dos quais 3,7 trilhões só em energia solar. Desse valor, 2,2 trilhões serão investidos especificamente na geração de energia solar residencial.

 

3. A Revolução Solar Será Descentralizada

 

A maior revolução vai acontecer nos telhados das residências. Com os altos preços da eletricidade e baterias residenciais de armazenamento mais baratas, a geração solar local ficará ainda mais atrativa. Lá por 2040, os telhados solares serão mais baratos que a eletricidade da rede elétrica em todas as grandes economias, e quase 13% da eletricidade mundial será gerada pelos sistemas fotovoltaicos distribuídos, integrados em edifícios e residências. 

 

Infelizmente o investimento em energias renováveis e o aumento da eficiência energética não serão suficientes para evitar que a superfície da Terra se aqueça mais de 2 graus Celsius, considerado o ponto de não-retorno para algumas das piores consequências da mudança climática.

 

Isso porque ainda haverá um legado de usinas de combustível fóssil e investimento suficiente em nova capacidade de queima de carvão natural nos países em desenvolvimento. Em 2040, as emissões ainda estarão 13% acima dos níveis de 2014, a menos que uma ação política radical de redução de emissões seja tomada.

 

Comente você também:
Mudança à vista no mercado de energia mundial

Energia Solar Residencial é como a Internet, descentralizada e livre

 Na comunicação online, emissores e receptores estão em igualdade de [...]

Mudança à vista no mercado de energia mundial

Por dentro da energia solar: o papel do silício

Você sabia que o Brasil é o segundo maior produtor [...]

Mudança à vista no mercado de energia mundial

Baterias para armazenar energia solar

 Imagine instalar um sistema de energia solar com durabilidade de [...]